Os planetas envolvidos em aspetos difíceis dão-nos uma visão do tipo de karma que hoje viemos resolver nesta vida.
Todo esse emaranhado de linhas e planetas revelam quais os nossos pontos frágeis no mapa. Mostram igualmente quais as áreas de vida que necessitamos de nos esforçar mais para alcançarmos a segurança e tranquilidade.
Um planeta com aspetos tensos mostra a área de vida que vivenciamos mal no passado, mostra onde fomos irresponsáveis, mostra onde construímos karma negativo.
É onde existe um bloqueio.
Nesta vida temos a obrigação de desbloquear e resolver esses bloqueios. Contudo quanto maior é a tensão (mapa com muitos aspetos dissonantes) maior é a capacidade e potencial energético.
Todos os grandes mestres da história tinham mapas ,  muitos tensos, (quadraturas, oposições e conjunções a planetas maléficos) pois isso foi o motor impulsionador para a mudança e superação dos obstáculos.

Todos os planetas do zodíaco são importantes para fazer a análise de um mapa astral. Todos eles têm um significado especial que nos ajudam a decifrar os aspetos karmicos  da vida.

Saturno, representa o Senhor do Karma, ou seja, o grande professor da vida. É considerado o grande Mestre porque  nos mostra sempre o que vamos aprender. Ele indica-nos onde reside o nosso medo, onde temos um nó de dor, e o que precisamos de vivenciar.
Todos temos um Saturno em algum lugar do nosso mapa astral, em alguma área de vida, onde ficámos ‘presos’ no passado. É a área sombra, da qual procuramos fugir, onde somos mais críticos e exigentes. É precisamente nessa área, que vamos ter de vivenciar o nosso processo para adquirir experiência e maturidade. Um dia seremos também Mestres por intermédio do nosso medo. O nosso infortúnio virá desses aspetos onde nos revelamos mesquinhos, estreitos e pequenos. Por isso, será precisamente nessa área de vida que teremos de assumir as nossas responsabilidades, desenvolvendo a nossa maturidade e disciplina.
Encontramos Saturno nos assuntos a que damos maior relevância e com os quais, um dia, seremos capazes de lidar de forma tranquila, com sabedoria e maturidade.
Saturno leva 29 anos a completar um ciclo do Zodíaco. Deste modo, todos os seres humanos estão mais condicionados pelo Karma negativo do passado, ou seja, todos os seres humanos entre os 28 e 30 anos e entre os 58 e 60 anos passam por uma grande mudança na sua vida, da qual pode resultar uma grande libertação. A partir deste ciclo abre-se uma nova janela para a vida, com outra leveza.
Entre os planetas do zodíaco saturno tem um lugar de destaque pois onde quer que se encontre vamos encontrar um medo , um nó de dor para vencer.
Todo o ser humano tem o planeta Saturno em algures no seu tema, em alguma área de vida, é sempre onde temos tendência para fugir, mas é onde temos que vir ganhar maturidade e experiencia, onde temos que vir vivenciar o nosso processo.
Um dia no tempo todos nós temos que aprender a nos pacificar com as dores, portanto nunca devemos resistir. É na mudança do eu, dos medos, dos bloqueios que carregamos de vidas passadas, que nesta vida fiquemos com mais sabedoria para resolver o nosso karma.
As pessoas com o qual temos uma relação mais próxima e intima são aquelas com as quais temos que resgatar mais karma.

Esse karma, nem sempre é negativo. Pois existem pessoas e situações que se cruzam na nossa vida para nos ajudar a superar dificuldades e obstáculos, isso faz parte do nosso karma positivo. Saturno e Plutão são temidos em termos Kármico pela sua (nefasta) influencia. A casa e o signo onde eles se encontram mostram-nos onde temos que ir viver as nossas dores, mostra onde tem que existir a morte do nosso velho ego, mostra onde não usamos bem o nosso poder (plutão). Daí que hoje tem que existir a abolição total de ego como forma de redenção. O planeta plutão está relacionado com o signo de escorpião. O poder e a forma como lidamos com ele quer de uma forma individual ou coletiva é uma das cobranças de plutão no nosso mapa astral assim como assuntos relacionados com sexo, morte e renascimento. O posicionamento nas casas e nos signos e a sua interligação com os restantes planetas dão-nos a visão e a predisposição daquilo que a Alma vem viver nesta nova vida. Determina a área de vida que cada um de nós terá mais trabalho e que exigirá varias ações efetivas para se vivenciar o karma. O Karma não gera apenas sofrimento pois existe o karma negativo que chega até nós através de todas as dores que vivenciamos, e o Karma positivo que representa todas as bênçãos que temos nesta existências, todas as situações prazerosas que nos trazem alegria.

Partilhar: