O ser humano deve aceitar as mudanças, com otimismo, serenidade pensando que nada é resultado de mera casualidade, e em vez de se revoltar ou tentar lutar contra os fatos para modificar os acontecimentos e as situações.

São padrões de sobrevivência que transportamos de outras vidas, daí que resistimos sempre às mudanças por medo.

Perdemos muito tempo a lutar, a resistir com pessoas e situações que nada podemos fazer. Não controlamos a vida, uma doença, um acidente, uma mudança profissional, uma rotura, um divórcio etc.

Não perca tempo com situações que não controla. Faça “Surf” com a vida, vá para onde a vida a quiser levar ou chamar.

Como Úrano faz semi – ciclos de sete anos, é muito comum ocorrem mudanças na vida a cada sete anos.

Para melhor explicar a renovação, a mudança, o imprevisto, o estímulo e novos começos o planeta Úrano é responsável por este processo acima referido.

Quando Úrano transita numa área de vida no mapa astral, vai promover mudanças que correspondem sempre a uma libertação, romper com velhos padrões, tornarmos mais livres e autênticos.

Ou seja, tudo aquilo que está velho, gasto, que não serve mais o nosso propósito kármico acaba, de forma repentina, pois Úrano é apelo de futuro, aquele que nos leva mais além, que nos faz evoluir, as pessoas sentem coragem para lidar com o desconhecido.

Por vezes temos que enfrentar o caos, o medo, a incerteza, até que a nova ordem se estabeleça, uma das caraterísticas de Úrano é a capacidade de formar imagens transformadoras, a respeito da humanidade.

Por norma os trânsitos de Úrano (oposições, quadraturas e conjunções) surgem de inesperadamente e desestrutura tudo, mas na verdade faz com que incorpore na superfície os movimentos de libertação que estavam sendo, gerados pela própria ordem estabelecida.

Ou seja após a passagem do trânsito de Úrano as pessoas, pensam diferente, agem diferente, ficam livres de preconceitos e padrões qua até então eram intrínsecos à sua forma de ser.

Partilhar: